As duas faces de Gustavo Dahl em Uirá: entre o realizador e o crítico de cinema

Margarida Maria Adamatti, Margarida Maria Adamatti

Resumo


Em 1974, Gustavo Dahl lançou Uirá, seu segundo filme. A partir da análise fílmica e da recepção crítica, a proposta do artigo prevê avaliar os espaços intersticiais entre a atuação dele como crítico e como realizador. Nosso objetivo é analisar o pensamento dahliano sobre a linguagem cinematográfica e sobre os mecanismos de emoção e identificação no cinema.

Palavras-chave: Uirá. Gustavo Dahl. Cinema Novo.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo