Os frames nas páginas de um jornal diário: a Gazeta do Povo e a luta pela terra no estado do Paraná

Diego Antonelli, Carla Candida Rizzotto

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivo comparar o enquadramento jornalístico da Gazeta do Povo na cobertura de três conflitos registrados no Paraná que têm como ponto em comum a luta pela terra: Guerrilha de Porecatu (1947-1951), Levante dos Posseiros de 1957 e Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (década de 1990). A metodologia utilizada para alcançar tal objetivo é a do enquadramento noticioso, utilizando os frames genéricos, tais como propostos por Semetko e Valkenburg (2000) e Iyengar (1991), a fim de observar e problematizar técnicas e estratégias adotadas pelo referido meio de comunicação. Os resultados apontam que a cobertura noticiosa do jornal sofreu pouca alteração ao longo das quatro décadas que separam a Guerrilha de Porecatu e o MST, privilegiando o enquadramento episódico (Iyengar, 1991) e de conflito (Semetko e Valkenburg, 2000).

Palavras-chave: enquadramento, luta pela terra, Gazeta do Povo.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo