Nelson Coelho de Castro e a tensão comunicativa da canção brasileira

João Vicente Ribas

Resumo


Este artigo propõe a análise de uma entrevista concedida pelo cancionista brasileiro Nelson Coelho de Castro, ao programa Jornal do Almoço (RBS TV), em 1986. O objetivo é tanto interpretar a performance do entrevistado quanto analisar a canção que é apresentada, levando em conta sua trajetória e o contexto do programa de televisão. Tem-se em vista o posicionamento do artista perante a Música Popular Brasileira (MPB) e a produção independente, afetadas naquele final de século por transformações tecnológicas e culturais. Toma-se como referencial teórico o modelo de análise de canção de Luiz Tatit (2002) e os vetores ligados ao conceito de canção das mídias, de Heloísa de A. D. Valente (2003). Observa-se, assim, a constante tensão no contexto midiático e cultural entre a postura crítica e a adequação.

Palavras-chave: comunicação, canção, televisão, MPB.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo