Comunicação organizacional de corretoras de valores: uso de redes sociais como ferramenta para educação financeira

Daniela Norcia Gonçalves

Resumo


O presente artigo trata das estratégias de comunicação organizacional externa de corretoras de valores independentes para a distribuição de informações sobre aplicações em títulos de renda fixa. Essas companhias, pela ampliação de portfólio em virtude de um momento de performance ruim das ações listadas na bolsa de valores brasileira, adotaram iniciativas de educação financeira, especialmente nas mídias sociais. Por intermédio da semiótica de Eric Landowski e Jean-Marie Floch, este trabalho investiga como se dão, nessas iniciativas, as relações intersubjetivas entre corretoras e seus clientes (investidores). O objetivo é identificar como essas organizações têm buscado se inserir e se beneficiar da cultura da participação.

Palavras-chave: comunicação organizacional, estratégia de comunicação, mídias sociais.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues