Sob o risco do artifício: algumas questões sobre a produção multimídia “As Quatro estações de Iracema e Dirceu”

Denise Tavares, Renata Rezende

Resumo


Ao tatear novos caminhos que incorporem as possibilidades narrativas que o ambiente web tem proporcionado, o jornalismo encontra na produção multimídia uma trilha que, aparentemente, o reconecta aos princípios da grande reportagem, em um possível diálogo com as estratégias clássicas do gênero. No entanto, o atual contexto da Comunicação, tão marcado pela disputa acirrada por público e pela exacerbação da imagem, parece colocar essas produções multimídias mais próximas de um universo configurado pelos artifícios de representação do real – esta, assentada em um processo que Lipovetsky e Serroy (2015) denominam “estetização do mundo”. Tal cenário é discutido, neste texto, a partir do projeto multimídia “As Quatro estações de Iracema e Dirceu”, do jornal Diário Catarinense, na perspectiva do hibridismo conceitual e analítico sobre narrativa, linguagem e interações midiatizadas.

Palavras-chave: webdocumentário, narrativas, convergência midiática.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues