As rupturas de sentido na teledramaturgia brasileira contemporânea

Adriana Pierre Coca

Resumo


Este artigo se propõe a pensar as rupturas de sentido na teledramaturgia brasileira contemporânea. O aporte teórico-metodológicobasilar é a semiótica da cultura. A reflexão está ancorada no conceito de explosão de Lotman (1999), para refletir como os aspectosestéticos e narrativos observados na teleficção podem provocar tensionamentos que conduzem a novos sentidos e nos fazem perceberdeterminados sistemas culturais que compõem a semiosfera pensada por Lotman (1999). Acreditamos que, de maneira recorrente,vêm sendo exibidas produções, sobretudo na emissora aberta hegemônica na área, que é a TV Globo, que oferecem algo imprevisívelao telespectador em relação à estética televisual e também aos percursos narrativos e, assim, propõem novos modos de contar históriasde ficção seriada na televisão.

Palavras-chave: teledramaturgia brasileira, rupturas de sentido, semiótica da cultura.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo