A publicização da vida privada no Twitter

Camila Lima Santana, Edvaldo Souza Couto

Resumo


O texto discute a crescente publicização da vida privada no Twitter. O principal argumento desenvolvido, a partir de estudos do campo da cibercultura, em especial sobre os hábitos e modos de ser dos sujeitos nas redes sociais na internet, é o de que a cultura contemporânea promove e celebra diversos tipos de confusões entre o privado e o público, o anonimato e a celebridade. O estudo conclui que a intimidade, a privacidade, a vida guardada em segredos são valores atualmente considerados progressivamente obsoletos, pois, parece, a vida só tem sentido e razão de ser se for mostrada, narrada, exibida das mais diversas maneiras, em tempo real. O Twitter potencializa uma economia de capital social baseada na reputação que cada um constrói de si mesmo e aprende, com prazer, em todos os detalhes, a administrar e promover incessantemente.

Palavras-chave: Twitter, sites de redes sociais, cibercultura, público e privado.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122