Entre a ideologia, a hegemonia e a resistência: Os modos de endereçamento como um diálogo entre a produção e a audiência de produtos televisivos

Simone Maria Rocha

Resumo


Partindo de breve revisão dos paradigmas estruturalista e culturalista, cujos modelos analíticos foram marcantes na perspectiva dos estudos culturais desde os anos 70 nas investigações de produtos midiáticos, este artigo busca retomar a discussão em torno da possibilidade analítica dos modos de endereçamento. Acreditamos que tal perspectiva nos permite investigar tanto aquilo que é característico da linguagem televisiva quanto lidar com especificidades do contexto soiocultural no qual o produto está inserido,levando-nos a reafirmar o pressuposto do íntimo diálogo entre os textos midiáticos e a realidade cultural.

Palavras-chave: análise cultural, ideologia, hegemonia, resistência, modos de endereçamento.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122