A concorrência por lugares entre as mídias jornalísticas impressas revelada no discurso autorreferencial

Daiane Bertasso Ribeiro, Maria Ivete Trevisan Fossá

Resumo


Considerando o contexto da midiatização, propomos reconhecer quais os lugares concorridos pelas mídias jornalísticas impressas de Santa Maria (RS), por meio do estudo das estratégias de produção de sentidos no discurso autorreferencial dos jornais A Razão e Diário de Santa Maria, no período de campanha para as eleições municipais de 2008. Para tanto, utilizamos como embasamento teórico-metodológico a Análise do Discurso de linha francesa. A partir da análise, observamos que, por meio de estratégias autorreferenciais, os jornais concorrem pelo lugar de enunciadores legítimos na sociedade midiatizada e que as mudanças desta impulsionam a transformação do lugar de enunciador do jornalismo. Com isso, a pesquisa aponta para a necessidade de repensar essa lógica autorreferencial do jornalismo atual, para que este assuma o papel de agente democrático no espaço público midiatizado.


Palavras-chave: midiatização, produção de sentidos, estratégias discursivas autorreferenciais.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122