Economia solidária, políticas públicas e universidade: notas sobre o caso de Campinas

Bárbara Castro

Resumo


A proposta deste artigo é apresentar um estudo de caso sobre uma política pública de geração de trabalho e renda com foco no cooperativismo da Prefeitura Municipal de Campinas (SP), no período da gestão do PT (Partido dos Trabalhadores) (2001-2005). Pretende-se também apontar os principais problemas na implantação dessa política e as saídas encontradas pelos sujeitos envolvidos. O objetivo é evitar que se perca a memória da experiência realizada e para que ela possa, de fato, contribuir para a elaboração de políticas públicas futuras.

Palavras-chave: Políticas públicas, economia solidária, cooperativismo, incubadoras.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.