A (IN)AUTENTICIDADE DE DIÁLOGOS EM LIVROS DIDÁTICOS DE INGLÊS E SEUS POSSÍVEIS REFLEXOS NA COMPETÊNCIA INTERACIONAL

Ana Paula Alba Wildt

Resumo


Este artigo tem por objetivo problematizar a autenticidade de diálogos em livros didáticos de inglês, enfatizando a importância de o/a professor/a adotar uma postura crítica nesse quesito quando da escolha do material utilizado em sala de aula. Para isso, buscamos contribuições nos estudos sobre Abordagem Comunicativa, insumo oral autêntico, competência interacional e Análise da Conversa. Em seguida, contrastamos quatro diálogos impressos apresentados em diferentes livros didáticos de inglês com estudos de fala-em-interação, que têm por objeto a fala de ocorrência natural no mundo social. Finalmente, avaliamos a autenticidade dos diálogos didáticos via Análise da Conversa. Como resultado, percebemos que a organização dos diálogos avaliados não compartilha semelhanças com a estruturação comumente verificada em conversas naturalísticas, o que implica dizer que tais diálogos não podem ser considerados autênticos, indo de encontro à Abordagem Comunicativa a qual os livros examinados têm como referência, dada a não-observância desse requisito para o desenvolvimento da competência interacional.


Palavras-chave


Diálogo; Livro didático de inglês; Autenticidade; Competência interacional; Análise da conversa.

Texto completo: PDF



ISSN: 1806-9509 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122



Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo