A CRÍTICA INCIPIENTE E DESPRETENSIOSA DE MURILO MENDES EM CARTAS PARA GUILHERMINO CESAR

Luciano Rodolfo

Resumo


Neste artigo analisamos alguns trechos da correspondência inédita de Murilo Mendes enviada a Guilhermino Cesar no final dos anos 1920. São postos em relevo alguns temas recorrentes nas missivas, sobretudo aqueles que tratam do cotidiano do poeta mineiro no estado do Rio de Janeiro, bem como as críticas substantivas, incipientes e quase que despretensiosas que Murilo propunha em suas cartas seja sobre os textos que Guilhermino Cesar lhe enviava, seja sobre a obra de coetâneos seus como, por exemplo, Mário de Andrade.

Palavras-chave


Murilo Mendes. Cartas. Crítica.

Texto completo: PDF



ISSN: 1806-9509 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122



Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo