A CONVERSÃO DA LÍNGUA EM DISCURSO NO CONTEXTO ACADÊMICO E A EXPERIÊNCIA DA SIGNIFICAÇÃO

Carolina Knack

Resumo


Este estudo filia-se à Teoria Enunciativa de Émile Benveniste e objetiva explorar a experiência da significação na conversão da língua em discurso no contexto do Ensino Superior. Para tanto, toma como objeto de análise um texto produzido por um graduando em Engenharia Mecânica, no qual se observa o modo como o locutor-aluno apropria-se da cultura de sua área de saber para constituir sua enunciação escrita. Com base em princípios teórico-metodológicos enunciativos, verificou-se que o locutor, a partir de sua história de enunciações, instancia-se como sujeito na cultura do espaço de ensino universitário, perpetuando em sua escrita – embora não de um texto acadêmico – um conjunto de valores de sua área de estudo no que se refere à prática de produção textual.

 


Palavras-chave


Enunciação; cultura; ensino superior; gêneros textuais.

Texto completo: PDF



ISSN: 1806-9509 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122



Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo