A VARIAÇÃO LINGUÍSTICA EM LIVROS DIDÁTICOS DE INGLÊS UTILIZADOS EM CURSOS DE LICENCIATURA

Marcelo de Oliveira Bahia, Demerbete Dias Freitas Cruz

Resumo


O presente trabalho procurou explorar como a questão da variação linguística é tratada nos livros didáticos utilizados em cursos de licenciatura em Inglês. Para tal, dois livros (World English 3 e English ID 1B) foram analisados. Realizou-se o registro de variação linguística em várias de suas seções e verificou-se como tal registro era trabalhado (ou não) pelo respectivo livro. Os resultados mostraram que o livro World English 3 apresenta um material muito rico para a exploração da variação linguística (principalmente no que diz respeito à variação diatópica), no entanto não há propostas no sentido de que se realizem reflexões por parte do aluno a respeito de tal variação. Já o livro English ID 1B é um livro mais voltado para jovens (com muitos exemplos de variação diafásica) e para quem se interessa pelo inglês americano. Também não existem discussões e/ou atividades a respeito de variação linguística na obra. De forma geral, os dois livros falham em não trabalhar de forma reflexiva os vários aspectos da pluralidade linguística observada na Língua Inglesa. A grande preocupação, neste contexto, é que se corre o risco de formar professores incapazes de trabalhar em situações fora do Standard English.


Palavras-chave


variação, Sociolinguística, livro didático, ensino de inglês.

Texto completo: PDF



ISSN: 1806-9509 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122