Educação e a pesquisa etnográfica crítica: a qualidade das relações entre os sujeitos

Júlia Pereira Damasceno de Moraes, Geraldo Augusto Locks

Resumo


Este artigo resulta de uma pesquisa qualitativa-etnográfica-crítica realizada em um Programa de Mestrado em Educação de uma universidade do interior de Santa Catarina, em 2018. Os sujeitos de pesquisa são associados a uma Cooperativa de Catadores de Materiais Reciclados. No concernente à metodologia adotada para a escrita desse artigo, evidenciou-se que a abordagem qualitativa, em que a releitura do texto dissertativo, de referências bibliográficas amplamente usadas no processo da pesquisa de campo e a revisão do diário de campo seriam um caminho profícuo.  Como objetivo geral, compreender, nas relações de quem pesquisa e de quem é pesquisado, questões relacionadas à sociedade de consumo e do descartável, à organização de sujeitos em processo de empoderamento e à relevância da etnografia crítica fora do ambiente escolar. Como resultados, destacam-se a importância do processo de formação do sujeito pesquisador e a necessidade de aprofundar os estudos sobre a subjetividade das relações sociais enquanto força motriz de práticas que contribuam para a compreensão de que a pesquisa com pessoas implica em pesquisa com sujeitos, e não com objetos de estudo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4013/edu.2020.241.36



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues
 
 
 
   


 
 
 
 
 
 
 
 
Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo