Literatura de Língua de Sinais, Educação Surda e suas interfaces com as políticas linguísticas

Rachel Sutton-Spence

Resumo


Este artigo descreve os fatores que influenciam o desenvolvimento criativo de artistas surdos de línguas de sinais, especialmente as políticas linguísticas e educacionais nos países em que estes artistas vivem (baseado em Quadros 2018, Sutton-Spence et al. 2017, Bahan 2006). A pesquisa tem base nas entrevistas de pessoas surdas reconhecidas como artistas da língua em suas comunidades em três países: os Estados Unidos, o Reino Unido e o Brasil. A análise dos depoimentos dos artistas de línguas de sinais nestes três países revela fatores cruciais para o desenvolvimento de suas habilidades, especialmente em relação ao papel das escolas e universidades, ao teatro surdo, às associações de surdos e à existência de outros artistas surdos. As políticas linguísticas, especialmente as políticas linguísticas educacionais que apoiam ou ameaçam o desenvolvimento da literatura de línguas de sinais em todas essas áreas, irão impactar em seu desenvolvimento, sua pesquisa, ensino e propagação.


Texto completo:

PDF




ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues
 
 
 
   


 
 
 
 
 
 
 
 
Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo