Interfaces entre políticas linguísticas e políticas educacionais: reflexões sobre a educação bilíngue para surdos

Anne Caroline e Silva Goyos Nascimento, Sueli de Fátima Fernandes, Jefferson Diego de Jesus

Resumo


Este trabalho objetiva analisar interfaces entre políticas linguísticas e políticas educacionais e seus desdobramentos na garantia do direito à educação bilíngue para surdos, face a sua condição de minoria linguística no Brasil. Partimos do debate conceitual sobre políticas linguísticas em contextos de grupos minoritários, de modo a realizar um estudo aplicado desses fundamentos ao campo da política de educação inclusiva para surdos, com dados produzidos em dissertação de mestrado, em que foram entrevistadas professoras que atuam em escolas inclusivas e escola bilíngue para surdos. Nossas reflexões encaminham para o profícuo debate das políticas linguísticas e das políticas educacionais como campos necessariamente complementares que precisam dialogar para que a Libras seja assegurada como primeira língua, desde a Educação Infantil, destacando a centralidade da escola bilíngue como espaço de planejamento e intervenção da política linguística.


Texto completo:

PDF




ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues
 
 
 
   


 
 
 
 
 
 
 
 
Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo