Professoras em Greve: memórias de lutas em defesa do magistério (1979-1987 – Porto Alegre/RS)

Dóris Bittencourt Almeida, Maria Beatriz Vieira Branco Ozorio

Resumo


Este artigo tematiza  greves do magistério público do Rio Grande do Sul, entre 1979 e 1987. Por meio da metodologia da História Oral, buscaram-se conhecer  impressões de um grupo de professoras acerca de suas experiências como grevistas, discutir seus entendimentos, por meio da composição de lembranças e de esquecimentos, narrados em  entrevistas. A análise da documentação permite inferir que essas mulheres foram afetadas pelos discursos vigentes e, assim, conseguiram construir mobilizações em defesa da escola pública. Este não foi um movimento homogêneo, se por um lado, nenhuma esteve indiferente às causas que se colocavam no momento, cada uma reconstruiu suas memórias daquelas experiências, considerando os lugares de sujeito que ocupava no passado e que ocupa no presente. Percebe-se que aquele foi um tempo de fortalecimento das professoras que, de certo modo, deixavam o passado feminilizado da docência e assumiam outra condição no estatuto de sua profissão.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo