Legado freireano, feminismos e prostituição: desvelando o político-pedagógico na pesquisa em educação

Fabiana Rodrigues de Sousa

Resumo


Neste artigo, discorro sobre as dimensões política e pedagógica do fazer pesquisa em educação, lançando mão de aportes do legado freireano, dos estudos feministas e de reflexões gestadas em experiências de pesquisa desenvolvidas em diálogo com mulheres prostitutas. Ciente das tensões entre esses campos do conhecimento, teço conexões entre eles argumentando que essa aproximação revela-se fecunda no sentido de favorecer a superação da antinomia: conhecimentos populares x conhecimento científico, (inter)subjetividade x objetividade, e de questionar sistemas universalizantes que caracterizam a ciência moderna, bem como algumas perspectivas feministas. Defendo, ainda, que o diálogo entre as contribuições do legado freireano e dos estudos feministas corrobora a construção de uma ciência crítica e popular pautada no desenvolvimento de pesquisas problematizadoras capazes de visibilizar a multiplicidade de experiências, saberes e demandas de mulheres prostitutas.

Palavras-chave: intersubjetividade, diálogo, feminismos, prostituição.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo