Educação liberal em Jacques Maritain

Terezinha Oliveira, Névio de Campos

Resumo


Examinaremos, neste artigo, a concepção de educação “liberal” de Jacques Maritain, expoente do pensamento católico europeu que não mediu esforços para defender uma educação na qual os ideais cristãos e liberais mantivessem-se vinculados. Atento aos rumos de seu tempo, projetou, em sua proposta pedagógica, aspectos da educação nova, mas também elaborou críticas a ela nos aspectos que expressariam o abandono dos ideais cristãos. A influência religiosa não o impediu de perceber as mudanças que ocorriam na sociedade, fazendo com que a Igreja Católica não fosse mais o epicentro. Identificaremos, em seu conceito de educação liberal, uma interlocução com as ideias da educação nova. A fonte central é a obra Rumos da Educação (Education at the Crossoroads), fruto de conferências proferidas entre 1943 e 1955 nos Estados Unidos, que nos permite analisar como esse intelectual problematizou questões pedagógicas tomando os preceitos católicos como referência central, sem desconsiderar as tendências da educação nova.

Palavras-chave: Jacques Maritain, educação liberal, Igreja Católica.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo