Trabalho coletivo e colaborativo na escola: condições e princípios de trabalho

Renata Cristina Oliveira Barrichelo Cunha, Andreza Barbosa

Resumo


O artigo discute o trabalho coletivo de professores nas escolas de educação básica e problematiza a importância das condições de trabalho e a definição de princípios para que o trabalho coletivo seja assumido como trabalho colaborativo. Os dados de análise foram produzidos em uma pesquisa que envolveu uma escola da rede estadual paulista e uma Diretoria Regional de Ensino. Os pesquisadores acompanharam a rotina das aulas de trabalho pedagógico coletivo e os encontros entre supervisores e professores coordenadores. Os resultados apontam que as condições nas quais se efetiva o trabalho docente comprometem a realização do trabalho coletivo e que esse se torna colaborativo quando os professores trabalham apoiados em princípios acordados coletivamente, destacando-se: o compromisso com a aprendizagem dos alunos; o diálogo orientado pela reflexão e compreensão da realidade dos alunos; e o esforço na articulação e integração das ações dos professores.

Palavras-chave: trabalho coletivo, condições de trabalho, parceria colaborativa.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo