Mudanças no perfil profissional dos professores de arte no Paraná (1949-1976)

Rossano Silva, Adriana Vaz

Resumo


O presente artigo discute a formação de uma classe profissional de professores de arte a partir da transição do Curso de Artes Plásticas na Educação (CAPE) para a Licenciatura em Educação Artística vinculada à Faculdade de Educação Musical do Paraná (FEMP). Tal mudança significou a alteração de um curso de aperfeiçoamento destinado aos egressos do curso normal para uma formação em nível superior, especializada no ensino de arte – Licenciatura em Educação Artística. Adota como principal referencial teórico Bourdieu (1996) no que diz respeito à profissionalização do ensino de arte em Curitiba no final da década de 1940. Conclui- se que a nova configuração do ensino de arte é decorrente das condições institucionais para a estruturação do mercado de bens simbólicos em Curitiba, destacando a importância do ensino superior nessa fase inicial de constituição do campo.

Palavras-chave: ensino de arte, formação de professores, história da educação.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues