A integração curricular de cursos de licenciatura: a percepção dos acadêmicos

Marly Krüger de Pesce, Jane Mery Richter Voigt, Berenice Rocha Zabbot Garcia, Elzira Maria Bagatin Munhoz

Resumo


Este artigo visa discutir os resultados obtidos em uma pesquisa cujo objetivo era investigar a percepção dos acadêmicos no que se refere à proposta de integração pedagógica implantada nos cursos de licenciatura de uma universidade comunitária de Santa Catarina a partir de 2009. O principal objetivo da proposta de integração é formar professores com uma visão para além da disciplina específica, com um perfil profissiográfico comum a todos os cursos oferecidos pela Universidade. Para contribuir com o desenvolvimento desse perfil, foi criado o Núcleo Pedagógico Integrador – NPI, que trabalha com a produção social do conhecimento, com a construção do pensamento científico e com a incorporação da pesquisa como princípio formativo desde o início do curso. O referencial teórico da pesquisa tem como base autores que discutem a formação de professores, como Tardif (2011), Gatti (2009) e Fazenda (2006, 2009). Para coletar os dados da pesquisa, utilizou-se um questionário com questões fechadas e abertas. Os participantes da pesquisa foram alunos dos últimos anos dos cursos de licenciatura. Os resultados indicam que a maioria dos acadêmicos percebeu a importância dessa experiência, sinalizando um novo perfil de professor, aberto às novas propostas e ao diálogo com seus colegas de trabalho com vistas a responder aos desafios impostos à escola.

Palavras-chave: formação de professores, cursos de licenciatura, integração.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93022-000, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues