Fundamentos teórico-conceituais da pesquisa em práticas sociais e processos educativos

Diogo Marques Tafuri, Luiz Gonçalves Junior

Resumo


O presente artigo tem por objetivo contribuir para o aprofundamento da discussão teórico-conceitual realizada acerca da pesquisa em práticas sociais e processos educativos, situando-a no âmbito dos estudos acadêmicos da área da Educação. Por meio da realização de revisão bibliográfica, abarcando textos de Paulo Freire, Ernani Maria Fiori, Enrique Dussel, Maurice Merleau-Ponty e Boaventura de Sousa Santos, buscamos ampliar nossa compreensão acerca de aspectos conceituais que emergem como elementos constitutivos das duas categorias analíticas centrais desta perspectiva epistemológica de pesquisa em Educação, a saber: práticas sociais e processos educativos. Para tanto, discutimos tais categorias e argumentamos a favor de tomarmos as práticas sociais vivenciadas cotidianamente pelos seres humanos enquanto práxis essencialmente intersubjetiva, geradora de processos educativos que se projetam no tempo-espaço a partir de situações gnosiológicas problematizadoras da realidade social.

Palavras-chave: processos educativos, práticas sociais, pesquisa em educação.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93022-000, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues