Lobisomem juvenil: uma leitura biopolítica da adolescência

Marcia Tiburi

Resumo


O texto propõe uma leitura da “adolescência” enquanto questão biopolítica a partir da análise do tópico da “vida nua”, tal como aparece em autores como Benjamin, Adorno, Foucault e Agamben. Questionando a violência hermenêutica na base da construção da identidade “adolescente”, o artigo busca mostrar como o filme “Um Lobisomem Americano em Londres” (Landis, 1981) já expunha a complexa relação entre adolescência e vida nua. O lobisomem é sua alegoria. Emancipar jovens do jugo discursivo a que estão expostos como vida nua constitui o impulso ético na base desse texto.

Palavras-chave: lobisomem, biopolítica, psicologização da adolescência, juventude.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo