A Universidade Federal de Pernambuco e a “Política de Editais”: uma análise a partir do ciclo de políticas públicas

Hugo Augusto Vasconcelos Medeiros

Resumo


O objetivo deste artigo é avaliar a “política de editais” da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com base no ciclo de políticas públicas de Stephen Ball. Pretende-se investigar a trajetória da “política de editais” para entender seus processos e resultados, observando os contextos de influência, da produção do texto e da prática a partir da análise dos textos e discursos do Plano Estratégico Institucional 2003-2013 (PEI), do Plano de Desenvolvimento Institucional 2009-2013 (PDI), dos jornais Incampus (2009-2013) e dos editais da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESQ). Destacamos que a formulação da estratégia sobre pesquisa deu-se a partir de uma posição aquiescente com modelos nacionais e internacionais, através de práticas e discursos que fomentam pesquisadores e grupos com bons resultados, procurando criar um sentido de totalidade, inefabilidade e continuidade.

Palavras-chave: ciclo de políticas públicas, gestão universitária, política institucional.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo