O ProInfo e a disseminação da Tecnologia Educacional no Brasil

Maria Ivete Basniak, Maria Tereza Carneiro Soares

Resumo


A partir do levantamento e do estudo de trabalhos de teses e dissertações publicados nos últimos quinze anos, buscamos identificar os efeitos do Programa Nacional de Tecnologias Educacionais nas escolas brasileiras. Tomaram-se como referenciais o conceito de justiça social (Ball in Mainardes e Marcondes, 2009) e a concepção de tecnologia como instrumento de poder e dominação das nações desenvolvidas sobre as demais (Vieira Pinto, 2005). Verificou-se que os programas de tecnologias na educação no Brasil ainda não apresentam resultados concretos em relação à inclusão social nas escolas públicas brasileiras, devido a condições físicas e estruturais, dificuldade de acesso aos equipamentos e, principalmente, insuficiente ou inadequada formação dos professores para o uso dos recursos tecnológicos digitais. O que os leva a privilegiarem o caráter instrucionista desses equipamentos e softwares e não explorarem sua potencialidade cognitivo-pedagógica.

Palavras-chave: Educação, tecnologias digitais, políticas públicas.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo