Diferentes formas de ser uma menina na escola: apontamentos sobre feminilidades e os processos de inclusão/exclusão

Leandro Teofilo de Brito, Mônica Pereira dos Santos

Resumo


Através de uma pesquisa de cunho etnográfico no cotidiano de uma escola pública, buscamos problematizar, a partir do reconhecimento das diferenças entre os sujeitos, como os processos de inclusão/exclusão se fizeram presentes em relação às variadas formas de feminilidades expressadas por alunas de turmas do ensino fundamental. A partir da análise e discussão dos dados, com base nos estudos culturais, de gênero e sobre inclusão em educação, constatamos que as diferenças entre as alunas denotavam a existência de múltiplas feminilidades no espaço escolar, assim como a pluralidade das e nas identidades de gênero, sendo permeadas pelos processos de inclusão/exclusão de forma constante durante o desenvolvimento da pesquisa. Desta forma, apontamos que a inclusão e o respeito às diferenças são um caminho eticamente viável para um mundo de mudanças, tanto no espaço escolar como na sociedade como um todo.

Palavras-chave: diferença de gênero, feminilidades, inclusão educacional.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo