A recontextualização das competências na educação profissional: uma análise a partir da sociologia da educação

Roberta de Carvalho Nobre Palau, Mauro Augusto Burkert Del Pino

Resumo


Este artigo relata os resultados de uma pesquisa que objetivou analisar o processo de recontextualização da inserção das competências no currículo do Curso Técnico em Eletrônica do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense Campus Pelotas, a partir da implantação do Decreto nº 2.208/1997. A pesquisa baseou-se em uma metodologia qualitativa, e como instrumentos de investigação foram utilizadas entrevistas com oito professores, além de uma análise documental envolvendo legislações que orientam a inserção das competências no currículo da educação profissional. As discussões e análise de dados foram feitas com base nas teorias de Basil Bernstein e Stephen Ball. Entre os principais resultados alcançados destaca-se o fato de os professores, de uma forma geral, apresentarem uma grande resistência em relação às competências, o que é justificado pelos professores entrevistados pela forma com que elas foram introduzidas na educação profissional, imposta pela legislação e, consequentemente, pela instituição de ensino.

Palavras-chave: educação profissional, recontextualização, competência, currículo.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo