Políticas de formação continuada e de inserção à docência no Brasil

Marli André

Resumo


O presente texto tem o foco nas políticas de formação continuada e, mais especificamente, nas iniciativas voltadas aos professores iniciantes e à inserção profissional dos docentes, tomando por base os dados coletados em quinze secretarias de educação de estados e municípios brasileiros, que constituíram os estudos de campo da pesquisa que mapeou e analisou políticas docentes no Brasil (Gatti et al., 2011). O texto situa, inicialmente, o marco teórico que orientou a análise de dados, destacando as contribuições de autores brasileiros e estrangeiros. Em seguida, descreve a metodologia do trabalho de campo: locais escolhidos, fontes de coleta de dados, instrumentos e procedimentos utilizados. Na terceira parte do texto, são apresentados dados referentes aos processos de formação continuada encontrados nas secretarias de educação visitadas: quais são os órgãos responsáveis pela formação, como são escolhidos os formadores, quais os conteúdos e as metodologias das formações, quais as demandas dos professores, como é feita a avaliação da formação. São também discutidas as iniciativas e as políticas voltadas aos professores iniciantes e à inserção à docência. Na parte final do texto, são destacados aspectos que merecem maior atenção por parte dos pesquisadores e responsáveis pela formação docente.

Palavras-chave: formação continuada, professor iniciante, inserção à docência.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo