Educação Comparada no Brasil: uma análise preliminar da produção acadêmica

Marta Luz Sisson de Castro

Resumo


Este estudo tem como objetivo fazer um levantamento da produção acadêmica brasileira em Educação Comparada usando como fonte o Banco de Dados da Capes e como referencial teórico a posição de Maria Manzon. Para a autora, a Educação Comparada se define pelo uso do método comparado sobre o objeto de sistemas educacionais numa dimensão “cross” nacional e cultural. Do ponto de vista metodológico, foi realizado um levantamento das teses com a palavra-chave Educação. A seguir, a busca foi realizada a partir do título. Se havia comparação de mais de um país, ou uma dimensão internacional, o resumo era lido, e os dados da tese eram selecionados. Foram identificados 70 trabalhos com temática comparativa. Estudos sobre Brasil e Portugal, África e América Latina foram os focos principais. Estes trabalhos confirmam a hipótese levantada de que a ausência de domínio de línguas estrangeiras tem facilitado a emergência de estudos lusófonos e em países de língua espanhola. Os trabalhos sobre a África refletem a tendência de estudantes de países de língua portuguesa fazerem sua formação de pós-graduação no Brasil.

Palavras-chave: Educação Comparada, teses 2008-2011 (CAPES), Estudos Brasil-Portugal, Estudos África-América Latina.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo