Tecnologias gerenciais, formação Profissional e a intensificação do trabalho a partir do toyotismo

Rafael Rodrigo Mueller

Resumo


O objetivo do artigo é analisar as tecnologias gerenciais e sua relação histórica com a educação. Para obtenção do objetivo proposto, foram identificados os métodos e técnicas de treinamento desenvolvidos nos Estados Unidos por Charles Allen, em 1919, que foram intensificados a partir do que ficou conhecido como Treinamento dentro da Indústria” ou Training Within Industry (TWI), em 1940, e que evoluíram até a década de 1970 como “gerenciamento japonês, tornando-se um elemento-chave do Sistema Toyota de Produção (STP). O caráter ideológico que perpassa e é característico das tecnologias gerenciais foi verificado por intermédio da relação das mesmas com os ideais educacionais presentes, principalmente, nas recomendações dos órgãos multilaterais voltadas à educação nas últimas três décadas.

 

Palavras-chave: tecnologias gerenciais, trabalho e educação, capital.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo