Formação de professores e educação inclusiva: análise das matrizes curriculares dos cursos de licenciatura

Cristina Cinto Araujo Pedroso, Juliane Aparecida de Paula Perez Campos, Márcia Duarte

Resumo


As Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, Resolução CNE/CP nº. 1/02, estabelecem que as instituições de ensino superior devam prever, em sua organização curricular, a formação docente para o atendimento da diversidade, contemplando conhecimentos sobre as especificidades dos alunos com necessidades educacionais especiais. Concomitantemente, a expansão do acesso à escola básica não tem sido acompanhada de investimentos na implementação das mudanças necessárias nas diferentes dimensões: na formação inicial e continuada dos professores, nas políticas, nos currículos, nas condições de trabalho dos profissionais da educação (incluindo carreira e salários), na infraestrutura das escolas e na reorganização das condições de ensino. Mediante essa realidade o presente estudo objetivou analisar a matriz curricular dos cursos de licenciatura de três Universidades Públicas localizadas no interior do Estado de São Paulo, visando identificar a presença, neles, de disciplinas e/ou conteúdos que tratem sobre a Educação Especial e educação inclusiva. O método utilizado foi análise documental. Foram analisadas as ementas, do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas de três universidades públicas estaduais e do Curso de Licenciatura em Química de uma universidade pública estadual e de uma federal. De acordo com os resultados, os cursos de licenciatura investigados não mostraram nenhum indicativo de reorganização na direção das políticas de educação inclusiva. Verificou-se que nenhuma ementa apresentou conteúdos sobre Educação Especial; embora a disciplina de Didática, de apenas um dos cursos, tenha indicado como um dos seus objetivos gerais a preparação dos alunos para uma compreensão crítica e contextualizada do papel da escola e do trabalho docente. Concluiu-se que a organização curricular dos cursos de licenciatura não tem garantido os saberes pedagógicos necessários para responder às demandas da escola básica pública, principalmente em relação ao ensino de alunos com necessidades educacionais especiais.

Palavras-chave: cursos de licenciatura, inclusão, formação de professores.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo