A atenção nas malhas dos ininterruptos gozos proporcionados pela indústria cultural

Luciana Azevedo Rodrigues, Márcio Norberto Farias, Camila Sandim de Castro

Resumo


Ao considerar que a expansão do uso das novas tecnologias no processo educativo ocorre num contexto histórico e social norteado cada vez mais pelo e para o modo de produção de mercadorias, este artigo aborda como a utilização desses aparatos no processo de ensino e aprendizagem vem atuando sobre a capacidade das pessoas de direcionarem e conservarem sua atenção para o que estudam. Ao basear-se na Teoria Crítica da Sociedade, levanta-se a hipótese de que a ligação cada vez mais intensa das pessoas a esses aparatos vem redundando, entre outras coisas, no enfraquecimento da capacidade de direcionar e governar a própria atenção durante um determinado tempo. Nesse sentido, o artigo retoma as explicações de Marx sobre o conceito de mercadoria, relacionando o que ele denominou de Fetichismo com a ideia do Soberano, discutida por La Boétie; aborda como o modo de produção de mercadorias no capitalismo subordina progressivamente a cultura e os espaços de produção autônoma do espírito à lógica da troca, configurando o que Adorno e Horkheimer chamaram de indústria cultural. Partindo da compreensão de que os produtos da indústria cultural exploram a percepção proporcionando vivências sadomasoquistas, obtidas ao custo da imobilização do exercício da representação e do pensamento, o artigo finaliza com apontamentos sobre como essas experiências vêm prejudicando a capacidade das pessoas de dedicarem e dirigirem a sua própria atenção e concentração.

Palavras-chave: Indústria Cultural, atenção, processo educativo, gozos.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo