Bullying aleatório

Rodrigo Medeiros dos Santos

Resumo


O objetivo deste artigo é discutir a problemática do fenômeno bullying, aspectos sobre sua conceituação e a determinação de uma nova modalidade de intimidação, aqui denominada bullying aleatório. O fenômeno bullying compreende todas as formas de atitudes agressivas intencionais e persistentes que ocorrem sem motivação aparente numa relação desigual de poder entre pares. Sua modalidade aleatória, no entanto, é caracterizada por ações quase sempre anônimas e não direcionadas a uma vítima em especial, ocorrendo, muitas das vezes, sob forma de armadilhas ou emboscadas. Este artigo estuda, entre outras coisas, a definição e caracterização deste fenômeno. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de natureza qualitativa, caracterizada metodologicamente como descritiva segundo seus objetivos intrínsecos, e de campo segundo a coleta dos dados. A partir da aplicação de um questionário aberto direcionado a 120 estudantes universitários, foram obtidos relatos de crueldade explícita, que foram, então, discutidos à luz do fenômeno pesquisado. Os relatos obtidos permitem estabelecer três principais características que diferenciam o bullying aleatório do convencional: ações violentas persistentes, porém não direcionadas; ausência de desequilíbrio de poder entre os envolvidos; vitimização aleatória. 

Palavras-chave: Bullying aleatório, intimidação, violência escolar.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo