A articulação curricular como sentido orientador dos projetos curriculares

Carlinda Leite

Resumo


O artigo discute a importância atribuída à articulação curricular no que se refere à aprendizagem. Para isso, responde às seguintes perguntas: Que sentidos atribui à articulação curricular o conhecimento produzido nas Ciências da Educação? Como pode ser delineada e concretizada a articulação curricular nos projetos curriculares? Considera como ponto de partida o argumento de que a aprendizagem tem maiores probabilidades de ocorrer quando se torna significativa, isto é, quando permite que os alunos atribuam significado às situações com que convivem e quando existe uma relação entre o conhecimento “novo” (o conhecimento a adquirir) e o conhecimento que já possuíam. Neste sentido, o artigo mostra que promover a articulação curricular é importante, pois favorece aprendizagens significativas, quer por razões de melhor acesso ao conhecimento cognitivo, quer por razões de relação entre esse conhecimento e questões sociais e familiares dos alunos. A discussão realizada conduz à conclusão de que os projetos curriculares devem ter como ponto de partida o que é próximo e familiar aos alunos a quem se destinam e seguir um conjunto de procedimentos democraticamente contratualizados em contratos didáticos. 

Palavras-chave: articulação curricular, projetos curriculares, aprendizagem.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo