Identidades em desalinho: um estudo de campo na formação em educação física

Cláudio Pellini Vargas, Antonio Flavio Barbosa Moreira

Resumo


O presente trabalho tem por finalidade problematizar a questão das identidades profissionais na Educação Física (EF). Por meio de entrevistas semiestruturadas, buscou-se verificar quais elementos exercem influência mais significativa sobre a identidade profissional neste campo e como isto acontece na formação em licenciatura da área. As seguintes questões orientaram o estudo: Que aspectos caracterizam o trabalho do professor de EF? Que aspectos são marcantes? Em termos teóricos, o estudo recorre a autores associados aos Estudos Culturais e à Sociologia contemporânea. Quanto à EF, são consideradas as teorizações de Valter Bracht em sua perspectiva crítica. Os procedimentos metodológicos envolveram pesquisa bibliográfica e entrevistas com sete (07) professores de cursos delicenciatura de diferentes instituições privadas – incluindo os coordenadores, buscando-se conhecer sua história profissional, suas atividades e práticas, e como pensam a profissão que exercem. Três foram os principais resultados da pesquisa: (1) o gosto pelo esporte competitivo, na juventude do professor, parece exercer grande influência na construção de sua identidade profissional; (2) os profissionais parecem não ter um consenso sobre a identidade da profissão e; (3) os profissionais divergem significativamente a respeito do que é ser um bom professor de EF.

Palavras-chave: Identidade; Modernidade; Profissão de Educação Física.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo