O papel da interdisciplinaridade e a formação do professor: aspectos histórico-filosóficos

Maria Antonia Ramos Azevedo, Maria de Fátima R. de Andrade

Resumo


O artigo apresenta reflexões sobre o conceito de interdisciplinaridade desde uma perspectiva histórico-filosófica, relacionando-a com a formação de professores. Tais reflexões foram construídas mediante uma pesquisa bibliográfica sobre o tema, através da qual houve o entendimento de que a interdisciplinaridade pode ser compreendida como princípio epistemológico e como atitude metodológica, influenciando significativamente a formação do professor por meio de ações formativas interdisciplinares. A análise mostrou a importância da construção, em sala de aula, de um ambiente que potencialize práticas interdisciplinares e a necessidade de criação de um espaço escolar que institucionalize essas ações, ao possibilitarem novas formas de se pensar e criar conhecimentos. Com base nos resultados do estudo, pode-se afirmar a relevância de que os professores universitários formadores possam redimensionar o entendimento acerca do papel da interdisciplinaridade e que não busquem integrar conteúdos de forma alienada e justaposta, abrindo possibilidades para a criação de novos encaminhamentos teórico-práticos.

Palavras-chave: interdisciplinaridade, formação de professores, princípio epistemológico.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo