Um pensador do Brasil na Primeira República: uma análise das interfaces entre Estado, raça e educação em Oliveira Vianna

Jean Carlo de Carvalho Costa

Resumo


O objetivo deste ensaio é argumentar em torno da importância que, nos dias de hoje, é atribuída à “redescoberta” do nacional no pensamento social contemporâneo. Esse processo de atribuição de importância ao nacional tem ocorrido em esfera mundial e tem afetado a produção local. Na esteira desse processo de busca de “autoentendimento” é possível identificar como “alvo” autores relevantes em sua época, marginalizados a posteriori e hoje centrais para entender o processo de construção do nacional e do papel da educação nessa configuração. Na esfera local, um dos principais intelectuais é Oliveira Vianna. A orientação central do artigo é compreender a natureza de alguns dos elementos constituintes da compreensão do nacional e da educação nesse autor, que, por vezes, é associado ao pensamento autoritário brasileiro. A partir de categorias analíticas por ele introduzidas, “clã” e “insolidarismo”, argumenta-se em torno da contemporaneidade de sua crítica ao Estado e o papel derivado daí relativo à educação.

Palavras-chave: itinerários intelectuais, primeira república, formação nacional, educação.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo