O “bom aluno”: conteúdo e estrutura das representações sociais de professoras

Andreza Maria de Lima, Laêda Bezerra Machado

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar e comparar o conteúdo geral e a estrutura interna das representações sociais do “bom aluno” entre professoras da rede municipal de ensino do Recife-PE. Partimos do pressuposto de que novas práticas educacionais estariam interferindo nessas representações. Participaram duzentas (200) docentes que lecionavam nos anos iniciais do Ensino Fundamental. A amostra foi dividida em dois subgrupos, observando a variável faixa etária. A Teoria do Núcleo Central constituiu-se como o referencial de base para o estudo. Aplicamos a Técnica de Associação Livre de Palavras. Realizamos a análise através do quadro de quatro casas com apoio do software EVOC. Os resultados apontaram como  hipóteses do sistema central de ambos os subgrupos os termos “curioso”, “questionador” e “participativo”. Tal dado  reforçou nosso pressuposto inicial, já que tais elementos estão estreitamente relacionados com os discursos da literatura pedagógica e das políticas educacionais atuais. Não constatamos diferenças nas representações dos dois subgrupos.

Palavras-chave: “bom aluno”, representações sociais, professoras.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo