Entrevistando professoras: o que elas falam sobre o ensino da argumentação?

Telma Ferraz Leal, Ana Carolina Perrusi Brandão, Edla Ferraz Correia, Severina Érika Guerra

Resumo


Com base na abordagem sociointeracionista de ensino de Língua, este artigo enfoca o trabalho didático com textos da ordem do argumentar em turmas do 5º ano do Ensino Fundamental. Foram realizadas inicialmente 15 observações de aula de cada docente,para verifi car se a argumentação era contemplada nas atividades realizadas em sala de aula. Observou-se que havia pouco trabalho didático voltado para o desenvolvimento de habilidades argumentativas. Foram, então, realizadas entrevistas para entender quais concepções sobre ensino da argumentação guiavam as práticas das docentes. A análise dos dados apontou que as professoras tinham difi culdades para: identifi car que gêneros textuais seriam indicados para o desenvolvimento de habilidades argumentativas; reconhecer que habilidades argumentativas poderiam ser desenvolvidas no trabalho pedagógico; e planejar aulas diversifi cadas com esse foco. Apesar disso, reconheciam a importância do ensino da argumentação e tinham clareza de que os estudantes seriam capazes de desenvolver tais habilidades, se as condições  didáticas fossem mais favoráveis.

Palavras-chave: argumentação, ensino, produção de texto, leitura, oralidade.

Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo