Cidade educadora e emancipação social: o desafio da educação fundamentada numa razão dialógica

Jaime José Zitkoski

Resumo


O trabalho analisa a crise das sociedades contemporâneas, principalmente no modelo de vida urbano, onde as cidades estão enfrentando cada vez mais problemas sociais, tais como: violência, criminalidade, o caos no trânsito, déficit de moradia, poluição, sedentarismo, exclusão social, fome, entre outros. O texto aborda a problemática a partir do referencial da filosofia e sociologia desenvolvendo os conceitos de racionalidade instrumental, razão comunicativa e mundo da vida em Habermas e discutindo a proposta de emancipação social a partir de Boaventura de Souza Santos. Enquanto alternativas viáveis para as cidades contemporâneas, que se encontram envolvidas cada vez mais por uma complexa gama de fatores interdependentes entre si, o texto levanta a discussão sobre a proposta da Cidade Educadora como alternativa para repensarmos a educação e a própria existência em sociedade. A crise da educação não terá solução só a partir da escola, assim como a crise das cidades não será resolvida sem a participação direta da educação e da organização da sociedade em redes solidárias, buscando desenvolver uma nova cultura de cidadania e da convivência humanizadora entre as pessoas, que são, de fato, quem constrói, dá vida e recria a própria cidade.

Palavras-chave: cidade, emancipação, racionalidade, diálogo, solidariedade.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo