Memória(s), diálogos e buscas: aprendendo e ensinando didática

Vera Candau

Resumo


O campo da didática no Brasil vem passando, especialmente a partir de 1982, quando foi realizado na PUC-Rio o seminário “A Didática em questão”, por um amplo movimento de revisão, reconstrução e desenvolvimento que tem como ponto de referência fundamental os Encontros Nacionais de Didática e Prática de Ensino (ENDIPEs). O presente trabalho pretende oferecer algumas reflexões sobre o processo vivido e colocar questões que consideramos fundamentais para o campo da Didática nos próximos anos. Numa primeira parte, apresentamos como protagonistas particularmente significativos, professores de didática com ampla produção acadêmica e reconhecimento pelos seus pares, caracterizam a trajetória da Didática a partir dos anos 1980. A segunda parte do texto focaliza uma questão central no debate atual da Didática e das questões pedagógicas em geral: as diferenças culturais presentes nos processos sociais e educacionais. O texto conclui afirmando a tese de que a dimensão cultural é intrínseca aos processos educativos e potencia aprendizagens mais significativas e produtivas dos sujeitos neles implicados.

Palavras-chave: didática, cotidiano escolar, diferenças culturais, formação de educadores.

Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo