Didática e filosofia no ensino médio: um diálogo possível

Claudio Luis de Alvarenga Barbosa

Resumo


Apesar de um certo consenso sobre a importância da disciplina filosofia no ensino médio, muitas vezes o professor se depara com dificuldades referentes ao planejamento dessa disciplina. A complexidade do saber filosófico gera algumas aporias no momento em que o professor pretende organizar esse saber, para ser adequadamente assimilado pelo aluno. Assim, este trabalho tem por objetivo discutir essas dificuldades, que geralmente giram em torno de dúvidas sobre o que ensinar e como ensinar. Baseado na perspectiva de uma educação revolucionária, o ensino de filosofia deve ter como objetivo instrumentalizar teórica e praticamente os estudantes. Ao nos preocuparmos com o “ensino do filosofar”, provavelmente estaremos prestando o melhor serviço possível à filosofia, capacitando os alunos para uma compreensão e uma intervenção mais consciente e crítica na sua realidade.

Palavras-chave: ensino de filosofia, didática, educação revolucionária, ensino médio.

Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo