A característica educadora da obra de Sófocles: a busca por um homem ideal no conceito de “justa medida”

Paulo Rogério de Souza, José Joaquim Pereira Melo

Resumo


No período clássico (séculos VI e V a.C.), a Grécia passou por um processo de transição. As transformações ocorridas na sociedade causaram conflitos na forma de viver do homem grego, que se tornaram temas das tragédias apresentadas nas cidades-Estado do século V a.C. Pela importância dada à tragédia no período clássico, esse gênero literário acabou por ser usado pelos administradores e legisladores da pólis para ajudar na formação do cidadão. Dentre os poetas trágicos dos quais se têm conhecimentos históricos e literários, Sófocles foi o que melhor expressou como se deu o processo de mudanças pelo qual passou a sociedade da sua época. E buscou com suas peças, com maior clareza e objetivação nas tragédias Édipo Rei (Sófocles, 1990c), Édipo em Colono (Sófocles, 1990b) e Antígona (Sófocles, 1990a), propor a busca de um homem ideal para viver na pólis e que superasse os conflitos enfrentados no processo de transição. O poeta procurou no conceito de “justa medida” a solução para o homem grego enfrentar os problemas que as transformações causaram na sociedade, buscando dessa forma a manutenção da ordem social.

Palavras-chave: Tragédia grega, Sófocles, transformação social, educação, conflito social.

Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo