Da teoria dos campos conceituais à didática profissional para a formação de professores: contribuição da psicologia e da sociologia para a análise de práticas pedagógicas

Nadja Maria Acioly-Régnier, Noëlle Monin

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão sobre o papel e a função da psicologia e da sociologia para a formação de professores da educação infantil e das séries iniciais do ensino fundamental. Inspirando-nos na didática profissional e na teoria dos campos conceituais de Gérard Vergnaud, propomos uma análise de situações prototípicas em trajetórias iniciais de professores em formação, no momento do primeiro contato com os alunos em uma situação de estágio. Partindo do princípio de que uma situação não pode ser compreendida por um único conceito, utilizamos a interconexão de conceitos da psicologia e da sociologia para ilustrar como essa abordagem pode constituir-se como um instrumento pertinente para a compreensão de práticas pedagógicas, contribuindo, assim, para o campo de pesquisa da didática profissional e para a formação de professores.

Palavras-chave: didática profissional, formação de professores, esquema, habitus.

Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo