Escola unitária e hegemonia: a indissociabilidade entre educação e política no pensamento de Antonio Gramsci

Bráulio Loureiro

Resumo


Este artigo tem o objetivo de analisar as dimensões político-educacionais da proposta de escola unitária de Antonio Gramsci, ou seja, compreendê-la a partir da totalidade política na qual se insere: a luta de classes e a construção da hegemonia do proletariado. Gramsci observa que a edificação de uma escola unitária, única, de cultural geral e vinculada ao trabalho representa importante instrumento para a tarefa de romper com a divisão do conhecimento imposta pela burguesia e contribuir para os propósitos de reforma moral e desenvolvimento da consciência dos trabalhadores. A partir disso, o presente artigo se desenvolve tendo como eixo principal a unidade entre educação e política, entre escola unitária e hegemonia.


Texto completo: PDF



ISSN 2177-6210 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo