As Aventuras da Dialética: considerações sobre o texto Sartre e o ultrabolchevismo

Cleiton Nery de Santana

Resumo


O presente artigo busca expor as divergências políticas e filosóficas existentes entre Merleau-Ponty e Sartre. No primeiro momento, iremos mostrar o cenário sócio-político no qual os dois filósofos estão inseridos, juntamente com as motivações principais para que houvesse o rompimento da amizade entre eles. Em seguida, detalharemos os principais conceitos políticos e filosóficos apresentados por Merleau-Ponty para desvalidar as teorias sartrianas. Por fim, apresentaremos a resposta dada por Simone de Beauvoir, em defesa do seu companheiro Sartre, a Merleau-Ponty.


Palavras-chave


Merleau-Ponty. Sartre. Beauvoir. Filosofia política.

Referências


BEAUVOIR, S. Merleau-Ponty et le pseudo-sartrisme. In: Privilèges: Paris, Gallimard, 1955.

CHAUÍ, M. Filosofia e engajamento: em torno das cartas da ruptura entre Merleau-Ponty e Sartre. Revista Dissenso, n°1, p. 133. São Paulo: ed. USP, 1997.

MERLEAU-PONTY, M. As Aventuras da Dialética. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

MERLEAU-PONTY, M. Humanismo e Terror: ensaio sobre o problema comunista. Rio de Janeiro: Edições Tempo Brasileiro, 1968.

SARTRE, J-P. Situations IV. Paris: Gallimard, 1964.

—————. Situations VII. Problèmes du marxisme. Paris: Gallimard, 1964.

—————. O que é a literatura?. Petropólis: Editora Vozes, 2015.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122