EDUCAÇÃO EMOCIONAL COM BASE EM MAX SCHELER

Almiro Schulz, Márcia Cristina Machado Oliveira Santos, Reinner Alves de Moraes, Alyne Costa Santos

Resumo


Entre os vários problemas e desafios que hoje são aferidos ao processo educativo ou formativo, está em pauta a formação emocional, em consequência da complexidade da vida moderna e suas demandas. A visão e a compreensão do assunto dependem das teorias antropológicas e educacionais subjacentes. Quer-se apresentar o problema da formação emocional a partir do filósofo Max Scheler, sobretudo com base em sua visão antropológica e axiológica que fundamentam toda a sua visão de mundo. O texto é resultado de uma pesquisa bibliográfica feita em alguns dos seus textos primários, bem como também de texto de comentadores e textos afins. A questão emocional ocupa um lugar central no pensamento de Scheler, considera-a a priori à razão, sendo que concebe que a essência do homem não é a razão, mas sua especificidade entre os seres vivos é o espírito. Segundo ele, os valores são captados pela intuição emocional, em razão de ser espírito, que o diferencia dos outros animais. A formação emocional é uma questão de vivência e não de cognição.

 


Palavras-chave


Antropologia, Axiologia, Educação Emocional, Max Scheler

Referências


-COSTA, José Silveira da. Max Scheler: o personalismo ético. São Paulo: Editora Moderna, 1996.

-GOLEMAN, Daniel. Inteligência Emocional – a teoria revolucionária que redefine o que é ser Inteligente. 22 ed. Rio de Janeiro: Objetiva, 1995.

-KAUS< Leila Rosebeli. A abordagem fenomenológica da antropologia filosófica: pessoa e espírito em Max Scheler. Santa Maria, 2014.

-MELLO, Alves Ferreira de. O fenômeno da simpatia segundo Max Scheler: Uma pergunta sobre o fundamento filosófico desse fenômeno. Rio de Janeiro: PUC-Rio, 2007.

-PEREIRA, Rosane Maria Batista. O sistema ético-filosófico dos valores de Max Scheler. Porto Alegre: EST Eduções, 2000.

-SCHELER, Max. Modelos e líderes. Curitiba: Ed. Universitária Champagnat, 1998.

-¬¬¬¬____________. Visão filosófica do mundo.São Paulo: Ed. Perspectiva.1986.

-____________. A posição do homem no cosmos. Rio de Janeiro: Florence Universitária, 2003.

-____________. Esencia y formas de la simpatia. Buenos aires, Editorial Losada, S.A. 1950.

-____________. Ordo amoris . Covilhã: LosoSofia: poress, 2012

-____________. Do eterno do hoemem. Petrópolis: Editora Vozes, 2015.

-SENNETT, Richard. A corrosão do caráter: consequências pessoais do trabalho no novo capitalismo. 9º ed. Rio de Janeiro: Editora Record, 2005.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122