Aspectos de Personalidade e Psicopatológicos no Transtorno de Acumulação de Animais Avaliado por Meio do HTP

Dalton Breno Costa, André Goettems Bastos, Daiana Meregalli Schütz, Daiane Santos de Oliveira, Laura del Huerto, Vânia Saretta Fiametti, Cristiano Dal Forno, Roberta Araujo Monteiro Goelzer, Tatiana Quarti Irigaray

Resumo


O Transtorno de Acumulação de Animal (TAA) é caracterizado como uma manifestação especial do Transtorno de Acumulação e uma psicopatologia com impacto significativo em aspectos da personalidade do indivíduo. O objetivo deste estudo é investigar traços de personalidade em indivíduos com Transtorno de Acumulação de Animal com o Teste de Casa-Árvore-Pessoa (HTP). O teste também procura identificar correlações entre traços de personalidade e quantidade total de animais, e o tipo de animal que está sendo acumulado. A amostra foi composta por 29 participantes com TAA, com idade média de 61,39 anos (DP = 12,69) e 69% eram mulheres. O número médio de animais por domicílio foi de 55,35 (DP = 17,75), entre cães e gatos. As respostas mais frequentes observadas no HTP foram: abstinência (f = 88), ansiedade (f = 77), organicidade (f = 70), regressão (f = 69), insegurança (f = 57), rigidez (f = 53) e necessidade de segurança (f = 44). Foram encontradas correlações entre os Traços de Personalidade Disfuncionais e o tipo de animal acumulado. O instrumento HTP foi adequado para avaliar as características dessa amostra, apontando para a possibilidade de um perfil de personalidade para esses acumuladores.


Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.4013/ctc.2020.131.01



ISSN: 1983-3482 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [Atualizado em 26/09/2016].

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues
 
 
 
 
 
   
Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo